domingo, 14 de setembro de 2014

DF: Terceirizados em greve denunciam atrasos e assédio na Procuradoria do Trabalho

O chefe da Procuradoria Regional do Trabalho da 10ª Região, Alessandro Santos de Miranda, se comprometeu a tentar solucionar o drama vivido pelos trabalhadores terceirizados da área de limpeza e conservação do Hospital de Base e das escolas públicas do DF, contratados pela empresa Juiz de Fora. Eles estão em greve desde o último dia 8 devido ao atraso no pagamento de salário e benefícios. A denúncia foi feita nessa quinta-feira (11), através do Sindiserviços, sindicato que representa a categoria, e da deputada federal Érika Kokay (PT-DF).