terça-feira, 23 de setembro de 2014

MT: SINTESMAT e SSPM promovem palestra sobre assédio moral

O Sindicato dos Servidores Técnicos Administrativos da Unemat (Sintesmat) e a Federação Sindical dos Servidores Públicos do Estado de Mato Grosso em parceria com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Cáceres (SSPM) promove na sexta-feira, 26, a partir das s14h no Auditório do Hospital Regional uma palestra do sobre Assedio Moral no Trabalho. O evento é gratuito e aberto ao público em geral.

MG: Trabalhadora discriminada e desrespeitada por ser mulher será indenizada

A juíza June Bayao Gomes Guerra, titular da Vara Trabalhista de Araxá/MG, reconheceu a uma trabalhadora o direito a receber indenização por danos morais, por ter sido tratada de forma discriminatória e humilhante no ambiente de trabalho pelo simples fato de ser mulher.

GO: Brasil Telecom é condenada por ofensas dirigidas por seu gerente

A ofensa impessoal pode ofender a dignidade humana tanto quanto aquela personalizada ou direta. Com esse entendimento, a Terceira Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (GO) condenou a Brasil Telecom Call Center S.A. ao pagamento de indenização por danos morais em favor de operadora de telemarketing.

DF: Supermaia é condenado por permitir prática de bullying no ambiente de trabalho

Uma auxiliar de tesouraria do Paulo & Maia Supermercados Ltda. (Supermaia) receberá R$ 10 mil de indenização por danos morais, porque sofria humilhações, maus tratos e constantemente era xingada de “vaca” pelos colegas. A decisão é do juiz titular da 11ª Vara do Trabalho de Brasília, Gilberto Augusto Leitão Martins, que considerou a empresa negligente com a prática de bullying no ambiente de trabalho.

EPTV: Empresa pode ter que pagar dano moral por proibição de namoro

TST decide que empregadores não podem impedir relacionamentos. Exceções ficam por conta de casos de hierarquia e cargos de influência.