quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

MG: Sindicato cobra fim do assédio moral e garantia de emprego no Santander

Em reunião realizada nesta terça-feira, 20 de janeiro, em sua sede o Sindicato cobrou dos representantes do Santander soluções para temas como o assédio moral, a fusão de agências em Venda Nova, a aquisição de parte do banco Bonsucesso, entre outros.

Por Sindicato dos Bancários de BH e região

PB: Lei proíbe assédio moral nas repartições públicas do Estado

Foi publicada no Diário Oficial do Estado a lei complementar nº 127/2015, de autoria do deputado estadual Anísio Maia (PT), que proíbe a prática de assédio moral no âmbito da administração pública estadual direta e indireta de qualquer dos Poderes.

Por Lenilson Guedes - Jornal da Paraíba

PE: Ministério do Trabalho interdita empresa com 14 mil funcionários

O Ministério do Trabalho e Emprego interditou, na noite da terça-feira (20), a empresa de telemarketing Contax, no bairro de Santo Amaro, na região central do Recife. Os 14 mil funcionários da unidade não trabalham nesta quarta-feira (21), enquanto o serviço de telemarketing da empresa está suspenso.

Clique aqui para assistir à reportagem.

Por G1 do PE

GO: Mulher denuncia assédio sexual em troca de oportunidade de emprego

A jovem registrou a conversa com o dono de uma padaria, em Goiás, que oferecia oportunidade de emprego em troca de favores sexuais. A mulher, de 19 anos, levou a gravação até a polícia e aguarda o julgamento do caso. Veja!

Por Fala Brasil - Record


(fonte, acesso em 21/01/2015)

RS: Assistente que sofreu assédio sexual e entrou em depressão deve ser indenizada em R$ 50 mil

Uma ex-assistente comercial de uma transportadora gaúcha deve ser indenizada em R$ 50 mil por assédio moral e sexual. A decisão foi da 6ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS). Os desembargadores confirmaram a sentença do juízo da 21ª Vara do Trabalho de Porto Alegre, mas aumentaram o valor da indenização de R$ 15 mil para R$ 50 mil.

Por Gabriel Borges Fortes - Secom/TRT4

PE: Operação da Justiça do Trabalho repete auditoria na Contax

O Ministério Público do Trabalho (MTE) realiza desde a manhã desta terça-feira (20) fiscalização na sede da Contax, em Santo Amaro, no Recife. A empresa, maior em atuação no serviço de teleatendimento do país, é prestadora de serviço de call center para quatro bancos (Bradesco, Itaú, Santander e Citibank) e três operadoras de telefonia (Oi, vivo e Net), autuadas no fim do ano passado por terceirização ilícita dos serviços, além de assédio moral e adoecimentos em massa.

Por Diário de Pernambuco

DF: Administrador interino do Planetário de Brasília é afastado após denúncias de assédio moral e sexual

O administrador interino do Planetário, João Bosco Rabelo, foi afastado do cargo nesta segunda-feira (19) após denúncias de assédio moral e sexual no ambiente de trabalho. A Secretaria de Ciência e Tecnologia decidiu abrir uma sindicância para apurar as denúncias que teriam vindo das próprias servidoras do planetário. Além de João Bosco, o encarregado da empresa terceirizada que presta serviço ao local, Nelson Paschoal, também foi afastado sob a mesma acusação.

Por R7