sexta-feira, 20 de março de 2015

PI: Atendentes de Call Center protestam por melhores condições de trabalho

Cerca de 60% dos funcionários da empresa AlmavivA pararam suas atividades na manhã desta sexta-feira (20). Eles reivindicam o pagamento das horas extras e o cumprimento de um acordo coletivo de trabalho, que determina o pagamento do salário base no valor de R$ 920.

Por Nayara Felizardo, Maria Luiza Moreira e Paloma Vieira / Foto Assis Fernandes - O Dia

PR: Empregada vítima de assédio sexual no trabalho será indenizada

A Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho não conheceu de recurso da Ingersoll Rand Indústria Comércio e Serviços de Ar Condicionado Ltda. contra condenação ao pagamento de indenização por dano moral a uma operadora de produção que foi alvo de propostas de cunho sexual de seu supervisor, que prometia efetivá-la no emprego caso saísse com ele.

Por Lourdes Côrtes/CF - TST

RO: Senge comemora Dia das Mulheres nesta sexta-feira

O Sindicato dos Engenheiros do Estado de Rondônia (SENGE-RO) realiza nesta sexta-feira (20) um encontro, em Porto Velho, para comemorar o Dia Internacional da Mulher. O evento tem a parceria do Coletivo de Mulheres da Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros (FISENGE), que enviará uma de suas diretoras, a engenheira de Alimentos Silvana Palmeira, para palestrar sobre o tema Gênero e Engenharia. 

Por Assessoria - Rondoniagora

SP: Funcionários sofrem com assédio moral e humilhações no Hospital Geral de Guaianases, denuncia deputado

Na quinta feira 13 de março, o Deputado Estadual Antonio Mentor PT/SP, ingressou com denuncia junto ao Ministério Publico do Trabalho da 2ª Região contra abusos cometidos por chefias diretas e cargos de confiança do Hospital Geral de Guainases - " Jesus Teixeira Costa", Hospital ligado a Secretária de Estado da Saúde de São Paulo.

Por Gilberto Braw / GiGi FALA TUDO

Taiwan: Facebook é processado por ex-funcionária por suposta discriminação e assédio

Uma ex-funcionária do Facebook está processando a gigante das redes sociais por suposta discriminação sexual e assédio, com base em raça ou origem nacional, e demissão ilegal.

Por Leandra Troyack / CódigoFonte