sexta-feira, 10 de abril de 2015

RJ: Santander indenizará bancária que trabalhou oito anos em “porão” em Niterói

Uma bancária que trabalhou oito anos no núcleo de triagem do Banco Santander S/A em Niterói, apelidado de "porão", receberá R$ 50 mil por assédio moral. A Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho não conheceu do recurso do banco diante dos fatos narrados: o local era insalubre, sem janelas e sem higiene, com mofo, ratos e baratas.

Por Lourdes Côrtes/CF - Secretaria de Comunicação Social do TST