quinta-feira, 23 de abril de 2015

MG: Empresa indenizará empregado atacado com mensagens de cunho racista no e-mail funcional

A 3ª Turma do TRT-MG confirmou a sentença que deferiu indenização por danos morais, no valor de R$7.500,00, a trabalhador vítima de racismo no ambiente de trabalho. Ficou comprovado que o chefe usava o e-mail funcional para difundir entre colegas mensagens contendo referências discriminatórias ao trabalhador, em razão da cor de sua pele. Nas mensagens eletrônicas, o trabalhador foi comparado a chimpanzés e sacos de carvão, o que, na avaliação dos julgadores, caracteriza injúria racial.

Por Secretaria de Comunicação Social do TRT-MG

MG: Rede Epa indenizará empregada chamada de feia e gorda

A DMA Distribuidora S/A (supermercados Epa) foi condenada a indenizar uma empregada humilhada pelo subgerente com expressões como "mulher feia e gorda tem que trabalhar e morrer" e destratada em público na presença de clientes e funcionários com palavras de baixo calão. A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho rejeitou agravo da empresa por constatar a exposição da empregada a situação atentatória aos seus direitos de personalidade, caracterizada pela indevida depreciação de sua imagem.

Por Lourdes Côrtes/CF - Secretaria de Comunicação Social do TST

Bangladesh: Abusos na indústria têxtil continuam, diz ONG

O desabamento do complexo têxtil Rana Plaza, em 24 de abril de 2013, chamou atenção internacional para as condições de trabalho precárias e degradantes na indústria de vestuário em Bangladesh. Quase dois anos após a tragédia, a situação pouco mudou, segundo mostra um relatório da Human Rights Watch apresentado nesta quarta-feira, 22, em Daca.

Por O Povo Online / Mundo