terça-feira, 2 de junho de 2015

Portugal: Dono de farmácia condenado a pagar mais de 50 mil euros por assédio

O proprietário de uma farmácia do Porto vai pagar 56.250 euros de indemnização à ex-diretora adjunta do estabelecimento por assédio moral (“mobbing”), após descobrir que ela pretendia engravidar, decisão alcançada após acordo no Tribunal do Trabalho de Valongo. 

Por Redação / CF / tvi 24

Portugal: Mais de 1,5 de milhões de pessoas vítimas de assédio moral ou sexual no emprego - Estudo

Mais de 850 mil pessoas já foram assediadas moralmente no emprego e cerca de 650 mil foram vítimas de assédio sexual, revela um estudo, que mostra que as mulheres são as principais vítimas e os chefes os principais abusadores.

Por Visão / Sapo

SP: Núcleo de Direitos Humanos da FMVZ promove fórum sobre assédio moral e sexual

Entre os dias 8 e 15 de junho acontece na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da USP e no Departamento de Nutrição e Produção Animal de Pirassununga da FMVZ o primeiro Fórum do Núcleo de Direitos Humanos da FMVZ.

Por Agência USP de Notícias

MG: Três Corações indenizará motorista obrigado a cantar o Hino Nacional por atraso

A Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve a condenação imposta à Café Três Corações S.A. ao pagamento de indenização por dano moral a um caminhoneiro obrigado a cantar o Hino Nacional na frente dos colegas como forma de punição por chegar atrasado. No exame de recurso da empresa, a Turma reiterou que a conduta ultrapassou os limites do poder diretivo do empregador e deu provimento apenas para reduzir o valor da indenização para R$ 16 mil, por considerar excessivo o valor fixado nas instâncias anteriores.

Por Alessandro Jacó/CF - Secretaria de Comunicação Social do Tribunal Superior do Trabalho

MG: Centauro é condenada em R$ 300 mil por assédio moral

A SBF Comércio de Produtos Esportivos LTDA, detentora das lojas Centauro Esportes, foi condenada em ação civil pública de autoria do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Belo Horizonte, por prática de assédio moral.

Por Ministério Público do Trabalho em Minas Gerais