segunda-feira, 8 de junho de 2015

RS: Ambev é condenada por pressionar vendedor a comprar mercadorias para cumprir metas

A Companhia de Bebidas das Américas (Ambev) foi condenada pela Justiça do Trabalho a indenizar um vendedor pressionado a comprar mercadorias para atingir as metas estipuladas. Para a Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho, ficou comprovado que a empresa obteve vantagens com as vendas e deve ser responsabilizada pelos gastos do trabalhador.

Por Taciana Giesel/CF - Secretaria de Comunicação Social do Tribunal Superior do Trabalho

PI: Procurador do Trabalho apura denúncia de assédio moral no HTI em Teresina

O Procurador do Trabalho Edno Carvalho Moura instaurou inquérito civil para apurar denúncia de irregularidade trabalhista no âmbito do Hospital de Terapia Intensiva e Medicina Interna de Teresina Ltda (HTI).

Por Rauristênio Bezerra / GP1 - foto divulgação

AC: Após denúncia, cartório da capital sofre intervenção da Justiça

Após denúncia de casos de assédio moral feita por funcionários do Cartório do 3º Ofício de Rio Branco, na terça-feira (2), durante paralisação, o Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) determinou intervenção de 90 dias no local. De acordo com o TJ-AC, a medida iniciou na quinta-feira (4), devido uma série de irregularidades que estavam ocorrendo. Durante a intervenção, o cartório fica sob responsabilidade de um interventor, e o delegatário é afastado de sua função. O cartório permanece funcionando normalmente.

Por Iryá Rodrigues / G1 AC - Foto reprodução/Rede Amazônica Acre

PB: Acordo coíbe assédio moral em loja de eletrodomésticos

A loja de eletrodomésticos Rabelo assinou termo de ajuste de conduta (TAC) com o Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) para coibir a prática de assédio moral na empresa. Pelo acordo, a companhia deve elaborar um manual de relacionamento no trabalho, com informações contra atos vexatórios e a exposição dos trabalhadores a humilhações.

Por MPT na Paraíba

Portugal: Maior parte das vítimas de assédio moral no trabalho tem vínculo precário

Face ao aumento das taxas de desemprego e das relações laborais precárias em Portugal, os casos de assédio moral devem estar a aumentar, acredita a socióloga Anália Torres, que quarta-feira apresentou os resultados de uma pesquisa sobre esta matéria em Lisboa, um estudo que espera venha ajudar a que haja uma maior consciencialização deste fenómeno num país onde tem sido muito pouco falado, devido a uma "tradição mais autoritária, agravada agora com as condições da crise".

Por Público e Lusa / Público.pt