sexta-feira, 12 de junho de 2015

SP: Protesto contra assédio moral no Santander

Pressão excessiva pela venda de seguros, cobranças por WhatsApp fora de expediente e constrangimento da equipe para o cumprimento de metas. Estas denúncias recorrentes contra a superintendência regional Alphaville do Santander - que engloba as cidades de Osasco, Barueri e região - motivaram uma paralisação convocada pelo Sindicato na Gerência Regional do banco em Alphaville na manhã desta sexta-feira 12.

Por Felipe Rousselet / SP Bancários

DF: ECT é condenada por assédio moral organizacional

Decisão do juiz Renato Vieira de Faria, da 6ª Vara do Trabalho de Brasília obriga a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos a rever apuração de procedimentos disciplinares.

Por ASCOM - MPT 10ª Região

Haiti: general brasileiro da Tropa de Paz desconhece relatório sobre assédio sexual

Após o vazamento de relatório relativo a uma auditoria feita por uma agência associada à Organização das Nações Unidas (ONU), acusando Tropas de Paz no Haiti de trocar assistência por sexo, o general José Luiz Jaborandy Jr, do comando brasileiro no país, afirma desconhecer a pesquisa e se houve desvio de conduta e desobediência às normas do organismo os envolvidos serão punidos e podem perder o direito de participar de novas missões. O general lamenta a divulgação preliminar do estudo e acredita que o fato pode arranhar o trabalho "exemplar" e de "solidariedade internacional" mantido há 11 anos. 

Por Cláudia Freitas / Jornal do Brasil - Foto Folha Militar

DF: Parlamentares cobram ação do governo para conter suicídios entre policiais federais

Parlamentares e representantes sindicais da Polícia Federal (PF) cobraram nesta quarta-feira (10) ação do governo para conter a escalada de suicídios dentro da corporação. Conforme estatísticas dos sindicatos, o Brasil registra o suicídio de dois policiais a cada três meses. Esses números podem ser ainda mais graves, caso se incluam as mortes por causas desconhecidas e as tentativas de suicídio.

Por Emanuelle Brasil e Regina Céli Assumpção / Foto Antonio Araújo - Agência Câmara Notícias

MT: Advogada faz acordo para receber R$ 75 mil de conselheiro da OAB

A advogada Marcela Balieiro Soukef irá receber R$ 75 mil do escritório de advocacia onde trabalhou por oito anos. Ela entrou com uma ação contra a empresa Oliveira Gonzaga Advogados Associados, onde atuou de agosto de 2005 até maio de 2013. 

Por Redação Poconet Notícias