terça-feira, 14 de julho de 2015

PE: Procuradora Judicial da Prefeitura é afastada por assédio moral

Denúncias de violação da dignidade dos servidores, como agressões verbais aos prestadores de serviço da Procuradoria da Fazenda Municipal, episódios em que foram chamados de “vagabundos, incompetentes e corja”, ameaças de demissões e acusações de roubo, levaram ao afastamento da Procuradora Judicial da Prefeitura do Recife Noélia de Lima Brito.

Por Blog de Jamildo

SP: Autarquia deve indenizar servidor vítima de assédio moral no trabalho

Autarquia municipal terá de indenizar por danos morais um servidor que sofreu assédio moral por seu superior hierárquico no ambiente de trabalho. Para a 4ª câmara de Direito Público do TJ/SP, o Estado responde diretamente pelos danos que seus agentes provocarem em outro indivíduo no exercício de seu trabalho.

Por Migalhas / Migalhas Quentes

PB: Empresa têxtil é alvo de Ação Civil Pública por assédio moral

O juiz Paulo Henrique Tavares da Silva, titular da 5ª Vara do Trabalho de João Pessoa, concedeu antecipação de tutela na Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público do Trabalho na Paraíba contra a Norfil, indústria têxtil localizada no Distrito Industrial de João Pessoa, por prática de assédio moral e por demissões arbitrárias.

Por MPT-PB/PRT-13 - TRT 13

MG: Teleatendente vítima de gestão por estresse será indenizada

O juiz Fabiano Fernandes Luzes, em sua atuação na 8ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, analisou um caso envolvendo a prática de assédio moral organizacional por uma empresa de telefonia e de TV por assinatura. Como registrou o julgador, a empresa empregava o que ficou denominado "straining", ou simplesmente "a gestão por estresse". E explicou: essa gestão se caracteriza pela adoção de medidas coercitivas, aplicadas na gestão de pessoal, objetivando impulsionar os funcionários a uma maior produtividade. Essas medidas são sempre amparadas em um medo coletivo em face de possíveis retaliações existentes.

Por Secretaria de Comunicação Social / TRT 3

Comércio do Jahu: Assédio no trabalho intimida profissionais

Ameaçar quanto à perda do emprego, provocar constrangimento, espalhar boatos, impedir o desempenho da função, ordenar a execução de tarefas de outros níveis. Esses são apenas alguns exemplos de assédio moral no trabalho.

Por Matheus Orlando - Comércio do Jahu

Entrevista: Pressão para cumprir metas aumenta distúrbios em bancários, diz médica da Fundacentro


A médica Maria Maeno, pesquisadora da Fundacentro, diz que a rotina dos trabalhadores bancários é propícia ao surgimento de doenças e que metas abusivas, pressão, cobrança e ambiente instável são responsáveis pelo cenário. “A categoria sofre com pressão violenta da chefia, muitas vezes com humilhação”, afirma, em entrevista para a Rádio Brasil Atual.

Por Rádio Brasil Atual

MT: Trabalhadora não promovida por ser sindicalista receberá 20 mil de indenização

Uma ex-empregada do Santander deverá receber 20 mil reais de indenização por danos morais. Ela conseguiu provar na Justiça que não foi promovida na agência onde atuava por ser sindicalista. A decisão condenando o banco é da juíza Cassandra Passos, da 2ª Vara do Trabalho de Rondonópolis (216Km de Cuiabá).

Por Zequias Nobre - TRT 23