sexta-feira, 21 de agosto de 2015

DF: Trabalhadores em TI fazem apitaço contra assédio moral

Com paralisações localizadas desde o dia 12, os trabalhadores em TI das empresas particulares do DF fortaleceram a mobilização e fizeram apitaço nesta terça (18) contra assédio moral praticado pelas empresas contra os que aderem ao movimento. Desde que a greve por local de trabalho foi decretada no setor privado de TI em Brasília, vários funcionários fizeram denúncias de abuso moral e retaliações aos trabalhadores que participam do movimento, inclusive, em locais em que funcionam as tecnologias dos bancos, que terceirizam serviços de TI.

Por CUT Brasília e Sindpd-DF

SC: Sindicato da Saúde promove dia de luta contra assédio moral e falta de funcionários

Clique aqui para assistir à reportagem do Jornal do Almoço, de Santa Catarina.

(fonte, acesso em 21/08/2015)

RO: Em Cacoal, assédio moral é tema de seminário realizado pelo Cerest

Cerca de 50 representantes de empresas públicas e privadas se reuniram no auditório do Ministério Público de Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho, nesta terça-feira (18), para um seminário com o tema: "O assédio moral e a exploração de diretrizes que estabelecem o Comunicado de Acidentes de Trabalho (CAT) a empresas em geral". A realização é do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest).

Por Magda Oliveira / G1 RO

SP: Negociações sobre o TAC contra o assédio moral na Unicamp avançam

Em reunião ocorrida na última sexta-feira (14) na sede do Ministério Público do Trabalho, foi possível avançar em vários pontos para o aprimoramento do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) sobre o assédio moral da Unicamp. A maioria das propostas apresentadas pelo STU foram incorporadas ao texto e referendadas pela Unicamp e a Adunicamp, cuja diretoria também esteve representada na reunião.

Por Sindicato dos Trabalhadores da Unicamp

Estados Unidos: Sabotagem, traição e desespero: saiba como é trabalhar na Amazon, segundo o NYT

Assim que são aceitos no seio da Amazon, os novos recrutas da empresa são instruídos a esquecer os "maus hábitos" desenvolvidos em empregos anteriores, recorda um funcionário, ao se referir aos princípios básicos de liderança, como encorajar as equipes e reconhecer as boas qualidades dos funcionários. A regra, na Amazon, é "quando trombarem no muro", referindo-se a um obstáculo ou um colega de trabalho, só existe uma solução: "pular o muro".

Por Veja.com

SP: Ato para central de distribuição de remédios de Campinas nesta terça

Funcionários da central de distribuição de medicamentos de Campinas (SP) fazem paralisação nesta terça-feira (18) em protesto contra más condições de trabalho e assédio moral, de acordo com o sindicato da categoria. Um dos servidores chegou a registrar boletim de ocorrência. O almoxarifado da Saúde, localizado no Jardim Eulina, abastece 149 unidades, entre hospitais, centros e postos de saúde.

Por G1 Campinas e Região / foto Roseli Araújo / Sindicato